BLOG SÍTIO DOS PINTOS - A voz da comunidade no ar!

OUÇA AO VIVO - TODA SEGUNDA-FEIRA - ÀS 19:00

Cadê a creche de Sítio dos Pintos prefeito Geraldo?

Os moradores de Sítio dos Pintos, em Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, estão revoltados com a demora do final das obras do Centro Municipal de Educação Infantil Sítio dos Pintos, que estava sendo construída pela Prefeitura do Recife. No valor de R$ 1,3 milhão, a creche-escola deveria garantir o direito à educação infantil às nossas crianças, além de beneficiar centenas de famílias da região. 

De acordo com a comunidade, a obra está parada há um bom tempo e sem darem nenhuma explicação. O espaço que vai dar lugar à unidade de ensino já está com o prédio parcialmente erguido. A empresa responsável pela construção do imóvel teve o contrato reincidido com a Prefeitura (segundo informações da imprensa) e, agora, a obra está pela metade. O CMEI deveria ter sido entregue à população em janeiro de 2013.

Falta d'água em Sítio dos Pintos preocupa os moradores


O bairro de Sítio dos Pintos, na zona norte do Recife, estão super preocupados com a falta de respeito por parte da Compesa, ligada ao Governo do Estado de Pernambuco, pelo motivo de deixar diversas localidades do bairro sem água nas torneiras.

Segundo informações dos moradores, o bairro todo, vem sofrendo com o desperdício e falta de água constantemente nas ruas de Sítio dos Pintos. No Alto da Boa Esperança e terminal de ônibus fazem 8 dias que estão sem um pingo d´água nas torneiras, já no Parque Santa Maria 4 dias e na outra parte 3 dias. Os moradores informam que sempre falta água e não avisados por parte da Companhia, só depois que coloca a boca no trombone é que chega uma desculpa. 

De acordo com a Compesa, via twitter, respondeu: "Falta d'água motivada por dois vazamentos na adutora do poço que atende ao bairro. A previsão é concluir os serviços de reparo amanhã,quando será retomada a distribuição de água". Portanto, a Compesa informa que o retorno da água nas torneiras em Sítio dos Pintos se tará nesta quarta-feira (dia 02/12).

Cadê a praça de lazer e academia da saúde seu prefeito?

De fato, quando sairá do papel a construção da Academia da Cidade e/ou Praça que a Prefeitura do Recife prometeu? 

Os moradores do bairro de Sítio dos Pintos estão no aguardando a finalização da compra do terreno e inicio das obras. Desde que a PCR, na então gestão do ex-prefeito João da Costa, lançou um pacote de obras que informava a implementação de um Polo da Academia da Cidade em Sítio dos Pintos, na Rua Antônio Alves da Rocha, até hoje só ficou no documentos "oficiosos"  da administração municipal petista. Atualmente, a novela continua com o prefeito Geraldo Júlio (PSB) que está agilizando a compra de um terreno abandonado na Estrada dos Pintos, próximo ao PSF e da Igreja Católica de Sítio dos Pintos, para levantar o futuro cartão postal do bairro, mas parece que a Prefeitura está fazendo o banho maria.

A Compasp e o Grupo Mulheres, coordenado por Tereza Pereira, já realizaram diversas reuniões com a comunidade e a presença dos gestores da PCR para debater sobre o assunto, e ficou no aguardo dos encaminhamentos por parte da gestão atual com a finalização do processo burocrático e até o momento nada saiu dos oficios. O povo reclamou, opinou sobre o novo local (Terreno da Família Marroquim) e a Prefeitura do Recife continua com o dinheiro em caixa para fazer a Praça e Academia da Cidade em Sítio dos Pintos, e não faz por que? E os direitos sociais? O artigo 6º da Constituição Federal? 

A Constituição Federal e os Direitos Sociais Básicos ao Cidadão Brasileiro - Os direitos sociais são aqueles que têm por objetivo garantir aos indivíduos condições materiais tidas como imprescindíveis para o pleno gozo dos seus direitos, por isso tendem a exigir do Estado uma intervenção na ordem social que assegure os critérios de justiça distributiva, assim diferentemente dos direitos a liberdade, se realizam por meio de atuação estatal com a finalidade de diminuir as desigualdades sociais, por isso tendem a possuir um custo excessivamente alto e a se realizar em longo prazo. 

O artigo 6º da Constituição Federal de 1988 se refere de maneira bastante genérica aos direitos sociais por excelência, como o direito a saúde, ao trabalho, ao lazer entre outros. Partindo desse pressuposto os direitos sociais buscam a qualidade de vida dos indivíduos, no entanto apesar de estarem interligados faz-se necessário, ressaltar e distinguir as diferenças entre direitos sociais e direitos individuais. Portando os direitos sociais, como dimensão dos direitos fundamentais do homem, são prestações positivas proporcionadas pelo Estado direta ou indiretamente, enunciadas em normas constitucionais, que possibilitam melhores condições de vida aos mais fracos, direitos que tendem a realizar a equalização de situações sociais desiguais, são, portanto, direitos que se ligam ao direito de igualdade. 

A Constituição Federal de 1988 teve uma grande preocupação especial quanto aos direitos sociais do brasileiro, quando estabelecendo uma série de dispositivos que assegurassem ao cidadão todo o básico necessário para a sua existência digna e para que tenha condições de trabalho e emprego ideais. Em suma, todas as formalidades para que se determinasse um Estado de bem-estar social para o brasileiro foram realizadas, e estão na Constituição Federal de 1988. Informações do Âmbito Jurídico.

Moradores pedem colocação de lombada em Sítio dos Pintos

Os moradores da Estrada dos Pintos, no bairro do Sítio dos Pintos, zona norte do Recife, estão pedido a colocação de lombada, entre os números 132 e 138, além da manutenção das já existentes na avenida principal. 

O motivo que os moradores justificam é decorrente dos acidentes que vem ocorrendo na região, da velocidade dos veículos e motos que passam na via principal do bairro, muitos deles só estão de passagem, por ser uma avenida que possibilita o acesso a outros bairros e cidades da região metropolitana. 

De acordo com uma moradora que não quis se identificar, ela disse: "Acontece muitos acidentes aqui em frente da minha casa, um dia desses uma moto bateu numa senhora de idade, outro vez, o carro quase pega uma criança, além da velocidade dos ônibus e demais veículos que passam aqui em direção para os bairros de Aldeia, Jardim Primavera... e também à caminho de Recife".

Segundo o radialista, José Alberto da Silva, conhecido popularmente por Betinho, essa solicitação já foi encaminhada para a CTTU e comunicada para a Secretaria de Governo da Prefeitura do Recife, e inclusive uma visita técnica estava planejada, até o momento nada saiu do aconteceu.

Comissão de vereadores do Recife entra na justiça para anular eleições do conselho tutelar

Foto: Divulgação
Uma comissão de vereadores da Câmara do Recife vai entrar na próxima semana com uma representação no Ministério Público pedindo a anulação das eleições para conselheiro tutelar. A decisão foi tomada depois de uma audiência pública, presidida pela vereadora Marília Arraes, realizada na manhã desta sexta-feira (16) no plenarinho da Casa Doutor José Mariano, no bairro da Boa Vista. O debate foi acalorado com tumulto entre os conselheiros eleitos e não eleitos. 

A vereadora faz um balanço da reunião. “Apesar de ter sido um pouco tumultuada ou bastante tumultuada pelos próprios candidatos a conselheiros e conselheiros eleitos a gente conseguiu apurar um material bastante importante”, disse. O secretário executivo de Direitos Humanos e o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) participaram da audiência. 

Marília Arraes ainda detalha o que vai ser feito pela comissão de vereadores, favoráveis a anulação do pleito, ocorrido no último dia quatro. “Nós vamos entrar com representação no Ministério Público e na própria justiça para que esse pleito seja anulado na maior brevidade possível, para que a gente possa proceder com novas eleições e eleger justamente os conselheiros tutelares”, destacou. “A gente precisa defender é a democracia”, concluiu.

Um dos conselheiros não eleito, José Alberto da Silva, responsável pelo dossiê que também foi entregue ontem à promotoria da infância e juventude do ministério público pede a legalidade do processo. No documento, foram anexados fotos e depoimentos de candidatos e eleitores afirmando a existência de várias irregularidades antes, durante e após as eleições, como o sumiço de urnas, a compra de votos e a declaração pública de apoio à candidatos por parte de vereadores do Recife. Ainda não há previsão de data para que o Ministério Público de Pernambuco se manifeste quanto às denúncias. 


Fonte: Rádio Jornal

Violência assusta Sítio dos Pintos

Os moradores do Sítio dos Pintos enfrentam momentos de terror devido ao alto índice de assaltos e, também, pela falta de um policiamento ostensivo na localidade, de acordo com denúncia dos integrantes da Comissão Pró-Arraial do Sítio dos Pintos. 

E segundo informações dos moradores, não existe uma explicação para a violência no bairro e, na verdade, o que existe é uma insegurança total. Uma viatura da Patrulha do Bairro faz a ronda, na Estrada dos Pintos - da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) até o terminal de ônibus - só que as ruas do Parque Santa Maria e do Alto Boa Esperança ficam desprotegidos e à mercê dos marginais. 

Os cidadãos sugerem um maior investimento na segurança, com policiamento ostensivo e com rondas motorizadas e viaturas. Eles afirmam que, na maioria dos assaltos, os bandidos usam motos e que as vitimas não registram ocorrência, na Polícia, com medo de represálias. Já que os assaltantes são daquela área. “Os moradores do Sítio dos Pintos querem mais policiamento, pois os assaltantes agem a qualquer hora do dia e conscientes da impunidade”. 

Fonte: Coluna Folha da Cidade - FolhaPE - Jornalista Robson Sampaio